Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Borboleta Verde

Ter | 18.08.20

Do alto de Monsaraz: avisto planícies alentejanas, o Alqueva e terras espanholas

Cláudia Miguel

Cheguei a Monsaraz e foi encantamento à primeira vista!

IMG_2447-1 (1).jpg

 

Há uma magia diferente nesta terra! Do alto avistam-se planícies sem fim e o som dos passos ecoa pelas suas ruas de xisto. O ar cheira a alfazema e a quente, ao calor que emana das pedras.

IMG_2480-1 (1).jpg

 

Uma vila histórica com um castelo centenário, mas com raízes milenares na sua ocupação.

 

IMG_2489-1.jpg

Monsaraz tem uma localização privilegiada, mesmo no topo de uma colina, com vista sobre o rio Guadiana e a fronteira com Espanha.

O seu antigo topónimo era Saris, Sarish ou Xarez, derivando em monte de Sarish ou Xarez, dando gradualmente lugar à miscigenação das palavras originando: Monsaraz

No século XII foi conquistada aos muçulmanos por Geraldo Sem Pavor, tendo sido novamente perdida para os mouros ainda durante o reinado de D. Afonso Henriques. Já só no século XII foi reconquistada com o auxílio da Ordem dos Templários. Acabou por ficar sob doação a esta ordem, mais tarde Ordem de Cristo, com marcas ainda hoje visíveis no seu pano de muralhas.

Parece que eu própria ando numa Cruzada pessoal, porque vou saltando de castelo templário em castelo templário 

 

IMG_2570-1 (1).jpg

IMG_2521-1 (1).jpg

Há muitos recantos para explorar em Monsaraz, mas especialmente para aproveitar com calma, ao ritmo que o Alentejo pede.

Aproveitem para mergulhar na praia fluvial do Alqueva e também para ficar pelo menos uma noite e apreciar o maravilhoso céu carregado de estrelas (ou não estivesse o Observatório do Lago Alqueva ali mesmo ao lado).

 

Fotos tiradas por mim.

Top e saia: H&M

Sandálias:  Deichmann

Bijuteria: GataPreta Artesanato

Local: Monsaraz