Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Borboleta Verde

Seg | 19.02.18

Dicas para bons retratos com tripé e temporizador!

Cláudia Miguel

Tenho amigas fantásticas que me dizem SIM sempre que peço ajuda para fotografar uns outfits!

Mas, a verdade é que desde cedo que gosto muito de estar atrás da câmara, gosto do facto de com um clique conseguir captar um momento bonito a todos os níveis: no cenário, na posição do modelo, na expressão, na intervenção dos elementos atmosféricos (sol, vento, ...) no outfit, etc.

Quando decidi criar este blog e passei a estar eu em frente à objectiva, a conversa foi diferente!

Foi difícil ao início, mas lá fui ganhando mais à vontade! Mas, a verdade, é que não há melhor do que nós próprios para conseguir os cenários/enquadramentos que imaginamos e idealizamos!

 

Assim, não tendo quem me pudesse tirar fotografias (e precisando mesmo de as tirar), tive de arranjar outra solução.

Como conseguir fazer uma sessão fotográfica sozinha? Com temporizador e tripé? Mas será exequível?

Eu respondo: é!! E resulta perfeitamente! Não uso o controlo remoto sem fios, mas há ainda esta opção adicional para quem tiver ou quiser usar! Para mim, ter de me preocupar em esconder o controlo remoto, para além de posar para a foto, já é demasiado!

Pesquisei na net por algumas dicas e ideias que reuno aqui com base também na minha experiência, para quem possa precisar!

 

Querem saber tudo? Então é só clicar 

 

Usar o foco automático (AF) e o foco manual (MF)

Esta foi uma das dicas que encontrei num blog e nunca me teria lembrado se não tivesse lido!

Se já se fotografaram usando o temporizador, saberão que um dos problemas principais é a focagem. Se vocês são o objecto central da foto, se não estão lá, ao clicarem no botão de disparar a focagem irá ficar noutro objecto e vocês... Bem vocês irão parecer que estão a ser vistos por um míope!

O ideal é ter um qualquer elemento da natureza/objecto que foquem e quando o foco estiver pronto passem para a focagem manual (MF), para que este não mude quando se posicionarem no espaço, e então click! Depois é só correrem a posicionar-se no local certo. Podem sempre usar um adereço da vossa sessão fotográfica (uma mala, ...) caso estejam num espaço muito aberto e não tenham nenhum elemento que possam focar.

 

21.jpg

Aqui por exemplo, eu foquei aquele ferro imediatamente atrás das minhas costas e posicionei-me encostada a ele.

 

IMG_6574.JPG

Aqui foquei a plantinha e é visível que o chapéu está fora de foco.

 

Locais pouco visitados ou com poucos transeuntes

Se posar para fotos pode ser um pouco intimidante e pouco confortável, fazê-lo em frente a um tripé com uma máquina com temporizador, sem ninguém do outro lado... bem pode ser quase um comportamento de loucos!

Eu tenho alguns jardins públicos de eleição aqui pela margem sul que têm poucos visitantes durante a semana, bem como umas fábricas abandonadas (mas estas tenho tido algum receio de me aventurar sozinha recentemente).

Embora me sinta um pouco intimidada se tiver pessoas por perto ou a olhar, a verdade é que já aconteceu e as pessoas foram muito simpáticas e respeitadoras do "meu espaço fotográfico".

Atenção: não se coloquem em perigo, nem invadam propriedades privadas!!

 

Experimentem novas poses

IMG_6673.JPG

Algo que considerei libertador ao fazer estas sessões fotográficas sozinha é que não me sinto coibida de experimentar aquela posição de modelo de revista, ou aquele "totally fake laugh" que nas modelos resulta sempre bem! Por mais que os vossos amigos sejam super queridos e até incentivadores, parece que há sempre aquele bloqueio que nos impede de sermos mais ousados.

Não há julgamentos se não está ninguém do outro lado da câmara!

 

Tenham uma boa desculpa/explicação

Pode sempre aparecer alguém a perguntar "O que é que a menina está a fazer?". E a verdade é que responder "Bem eu tenho um blog onde fotografo os meus outfits diários, dou dicas, bla bla bla" pode não ser bem compreendido, pode suscitar mais questões e vocês querem é ficar sozinhos!!

A que pensei no outro dia foi: "Eu estou a fazer um trabalho para a faculdade sobre moda e auto-retrato", ou mesmo só o "É um trabalho para a faculdade!" e o meu melhor sorriso!

O mais importante é que essas pessoas não vos façam sentir parvas ou embaraçadas! Porque não há nada de mal no que estamos a fazer!

 

Tirar muuuuiiitttasss fotos

Parece que nunca mais acaba, mas é sempre melhor ter umas fotos a mais de vários ângulos, do que vos ter escapado algo! Mesmo que seja um meio centímetro abaixo ou acima; maior zoom ou menor zoom, ...

No outro dia, das 300 e muitas que tirei, reduzi para metade aquilo que realmente gostei. Ainda assim, acho que com o "aperfeiçoar da técnica de fotografar e posar ao mesmo tempo" vou reduzir um pouco mais a quantidade de fotografias.

Isso leva a outra questão, que é o tempo. Estive algumas horas nisto, mas tenho a certeza que vou melhorar! 

 

Tenham as vossas poses preferidas/aquelas que sabem que ficam bem

8.JPG378.JPG

3.jpg7.jpg

 

Ajuda na relação qualidade/tempo saber que de uma determinada forma vão ficam super bem e vão gostar de se ver!

Fazendo estas, e para que a sessão não se torne repetitiva e as fotos não pareçam todas iguais (nem iguais a sessões anteriores), experimentem poses novas e divirtam-se!

 

Fotografem pormenores do vosso outfit

11.JPG

Ajuda na quantidade de fotografias de aspectos diferentes nos vossos posts! Malas, sapatos, maquilhagem, bijuteria, etc.. E não tenham o tripé sempre no mesmo sítio, usem diferentes pontos e distâncias. Tirem fotos de meio corpo, e não sempre de corpo inteiro, ....

As fotos vão parecer sempre diferentes! 

 

Usar movimento

Foi uma dica que também vi nesse blog, mas que eu não uso muito. A verdade é que me esqueço...

Mas pode ser um elemento adicional e divertido nas vossas sessões fotográficas.

 

Olhar para outros pontos e não sempre para a câmara

7.JPG24.JPG

Vocês sabem que a câmara está ali, mas ao olharem noutra direcção, as fotos podem ter um aspecto mais descontraído e natural, quase como se tivessem sido apanhados de surpresa!

É claro que sabendo a história por trás dessas fotos, vai tirar-lhes algum encanto, mas que ficam giras ficam!

 

 

Fotografar com temporizador e tripé pode ser um pouco frustante por vezes e até mesmo cansativo! São kilómetros senhores!! Kilómetros percorridos entre o local da foto e os bastidores! Várias vezes! Por cada foto! São movimentos que não ficam bem, e dos quais se tem de desistir porque a repetição já se começa a tornar ridícula.

Ainda assim há momentos divertidos e que não adicionam nada de bom à nossa sanidade mental se alguém nos vir sozinhas a rir como umas perdidas! Deixo-vos com esta sequência em que me esqueci que tinha seleccionado o disparo contínuo de 10 fotos!

collage.jpg

É como uma "one woman band": eu escolho os outfits para fotografar, faço a minha maquilhagem, arranjo o cabelo, fotografo, poso para a fotografia e, por fim, faço a edição 

Espero que estas dicas vos possam ser úteis!

Beijinhos