Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Borboleta Verde

Dom | 20.06.21

De Marvão... vê-se a terra toda.

Cláudia Miguel

Não podia existir mais verdade na frase de José Saramago: "De Marvão vê-se a terra toda".

IMG_9939-1.jpg

 

Há uma sensação de se estar numa vila acima das nuvens.

IMG_9909 (2).jpg

A vista de terras sem fim a partir do Convento de Nossa Senhora da Estrela.

 

Pecorrem-se quilómetros de serra, sempre a subir, passa-se por uma pequena povoação e outra, algumas delas tão antigas como os finais do século I a.C.. Falo pois da cidade romana de Ammaia, fundada nos finais do século I a.C e constituindo-se, daí em diante, como um importante núcleo urbano.

No caminho até Marvão pensei muitas vezes "por que raios foram os romanos fundar aqui um cidade? E aparentemente tão importante?". Às vezes esqueço-me da minha formação académica em arqueologia... já lá vão muitos anos . A verdade é que não só o local era, do ponto de vista dos recursos naturais, excelente, com minérios como quartzo e ouro; como era um ponto de cruzamento de vias romanas que faziam a ligação a importantes núcleos urbanos, como Emerita Augusta (atual Mérida).

Claro que, após a gradual queda e desmembramento do Império Romano, e das invasões bárbaras a partir dos séculos IV e V, Ammaia foi gradualmente abandonada. Há falta de registos durantes estes séculos e só nos séculos IX e X há referências a este local como Amaia de ibne Maruane ou Fortaleza de Amaia. Portanto algures a partir do século VIII, após a ocupação muçulmana do Al-Andalus, o castelo de Marvão foi edificado no topo da vertente norte da serra de Marvão, crendo-se que a sua toponímia deriva precisamente do seu primeiro proprietário Ibne Marúan.

 

IMG_9908 (2).jpg

Marvão visto a partir do Convento de Nossa Senhora da Estrela

 

A cerca de 900 metros de altitude ergue-se Marvão, empoleirado sobre um maciço rochoso quartzítico, camuflado com as cores da natureza e minerais.

 

Marvão será uma vila muito pacata... excepto quando se visita num dia em que estão a filmar uma série para a RTP (A rainha e a Bastarda) e há, aparentemente, um ataque de bichos voadores, que eu apenas conheço pelo nome de rapelhos, às centenas devido à vaga de calor dos dias anteriores.

 

IMG_9949-1.jpg

 

A vista para e do castelo é mesmo de cortar a respiração. Para mim, este é um dos castelos mais bonitos onde estive, pois junta à sua arqueitectura militar relativamente simples, um bonito jardim na base e uma envolvência magnífica.

 

IMG_9987 (2).jpg

Passeando pelas ruas encontramos casas caiadas de branco com aduelas de pedra e muitas varandas com ferro forjado, recantos amorosos, vasos com flores e roseiras bravas.

IMG_9975-1.jpg

 

Por fim deixo uma foto tirada na estrada que liga Marvão a Castelo de Vide, em Portagem. Acho que é impossível não parar para tirar uma foto.

IMG_0002-1.jpg

 

Fotos tiradas por mim.

Vestido: Shein

Sandálias:  Deichmann

Bijuteria: GataPreta Artesanato

Chapéu: Parfois

Local: Marvão

4 comentários

Comentar post