Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Borboleta Verde

10.01.22

New Year's blues

Cláudia Miguel
Mais alguém, no início do ano, fica com uma espécie de "New Year's blues"1?   Uma espécie de tristeza sem razão específica? Eu fico sempre assim, sem conseguir apontar uma razão concreta (entre, talvez, demasiadas). A verdade é que podia deixar para a Covid todos esses receios, tristezas e incertezas, porque de facto, ainda que não seja uma corda (...)
09.12.21

A beleza das Gingko Bilobas no Outono

Cláudia Miguel
Acho que nunca tinha olhado com olhos de ver para a beleza das gingko bilobas no Outono. Talvez demasiado imersa nos meus afazeres e na passagem dos dias, nunca tinha olhado efetivamente para estas árvores de folhas engraçadas com uma cor maravilhosa durante o Outono que pululam pelos jardins públicos e algumas avenidas. Apenas quando comecei nestas minhas demandas fotográficas é que comecei mesmo "a ver" os espaços, quer pelos meus olhos, quer pela magia da lente. (...)
01.12.21

Lisboa cintilante!

Cláudia Miguel
Lisboa vestiu-se mais uma vez de luzinhas cintilantes que deixam no ar esta magia de Natal. Acho que é deveras impossível passar por diversos locais entre a baixa lisboeta, Avenida da Liberdade, e todos os diferentes bairros, e ficar indiferente a este brilho e magia. Vale a pena circular por estes diversos pontos a pé e ficar maravilhado com cada pormenor. (...)
01.11.21

De repente é Novembro e faltam 54 dias para o Natal!

Cláudia Miguel
Não sei se foi por causa destes dias de chuva, se pelo facto de estarem a colocar as primeiras decorações de Natal aqui na rua, mas de repente apercebi-me que estamos quase no Natal! Talvez também pelo facto de, mentalmente, estar mais tranquila e estável do que há um ano, tenha possibilidade de definir algumas coisas que quero começar a agendar e concretizar neste Natal. 2020 foi desafiante para todos, sem dúvida, mas cada um atravessa os seus próprios campos de batalha e, embora (...)
31.08.21

Pelos castelos do Médio Tejo

Cláudia Miguel
Fui princesa moura pelos castelos do Médio Tejo!   Há uns tempos que queria visitar Almourol e agora que fui a visita não ficou de todo aquém das minhas expectativas! O castelo de Almourol ergue-se numa pequena ilha mais ou menos a meio do Tejo, e é perfeitamente visitável, mas o acesso é feito de barco. A viagem dura cerca de 5 minutos e tem um custo (...)