Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Borboleta Verde

"Paris is always a good idea!" - A minha viagem a Paris

Quem me acompanha no instagram sabe que em meados de Novembro do ano passado estive em Paris pela 3ª vez na minha vida.

A Audrey tinha razão... "Paris is always a good idea"!

Continuar a ter família a viver e a trabalhar em Paris facilita muito na hora de pensar numa escapadela (e também no alojamento ).

Estive um total de 7 dias, de 15 a 21 de Novembro, em que revisitei museus, monumentos e claro a Disney!

 

E, como vos falei no início deste post sobre a minha viagem a Londres, um dos meus sonhos era poder visitar a Disney na época de Inverno e de todas as decorações natalícias. Já posso fazer um check na minha lista!

 

Partilho convosco o meu diário da viagem.  É um post longo, se quiserem continuar a ler é só clicar aqui abaixo.

 

 

Consegui uns bilhetes de avião bastante em conta (74€ ida e volta) para Orly. Existiam viagens a cerca de 30€, mas estas eram pela Ryanair para o aeroporto de Beauvais, que dista cerca de 80km de Paris e cuja viagem de autocarro até à cidade custa 15€ e demora 1:30h. É sempre uma questão de verem o que vos compensa mais, os preços, o tempo que gastam a mais, etc.

Já agora uma publicidade completamente gratuita, mas adorei o site da Momondo! Foi onde consegui a melhor comparação de preços de voos.

 

A mim interessava-me o aeroporto de Orly não tanto pela viagem de ida, mas para a viagem de regresso, pois fica mais próximo da casa da minha prima.

 

Em Orly bastou-me seguir para o terminal de Orly Sud (se não aterrarem logo nesse terminal) e apanhar o Orly Bus. É super fácil, está tudo muitíssimo bem sinalizado e não tem nada que enganar!

O bilhete do Orly Bus custa 8,30€, comprado nas máquinas mesmo ao lado da paragem do autocarro (e se não me engano somente com cartão multibanco).

Em cerca de 30 min. já estava na estação terminal da praça Denfert-Rochereau. Aí há ligação à linha de metro 4 e 6 e também ao comboio RER B (entre outros transportes, sendo estes os mais procurados).

Acreditem, o sistema de transportes de Paris parece muito complexo, mas depois de duas viagens ficam com um doutoramento!

IMG_5989.JPG

 

Daqui foi só seguir (mala escadas acima, mala escadas abaixo) até ao ponto de encontro com a minha prima que era o hotel Yllen Eiffel, onde ela trabalha. Também não estou a receber nada pela publicidade, mas não posso deixar de dizer que é um hotel super bem situado e muitíssimo amoroso! É um estilo de hotel-boutique, com quartos muito amorosos e excelentes instalações! Tem uma história muito interessante: o edifício era uma antiga casa de penhores, "Mont-de-Piété", e a sua actual arquitectura e decoração teve aí a sua inspiração, com os quartos subjugados aos temas joalharia, cristais e alta costura, os bens mais colocados em casas de penhores.

 

Já com a minha prima fomos até Torre Eiffel, que fica a cerca de 30min. a pé, ou a 5min. de metro, e aproveitei para fazer o meu passe Navigo.

Das imensas contas que fiz para todas as opções disponíveis de viagens, o passe Navigo era a que melhor servia.

IMG_5995.JPG

 

Este passe pode ser semanal ou mensal, sendo que semanal funciona de 2ª a domingo (o mensal do dia 1 ao 31), e não com 7 dias. Seria muito melhor se funcionasse por 7 dias! Como cheguei a uma 4ª feira, perdi dois dias do passe, mas ainda assim compensava-me.

Pode ser adquirido para as zonas que queiramos. No meu caso aquiri para as 5 zonas, porque a Disney fica na zona 5 (assim como o palácio de Versailles) e porque a casa da minha prima fica na zona 3. E dá para usar no metro, RER, autocarro, ...

Custou-me 22,80€ + 5€ que é o valor do cartão e não é reembolsável.

Têm apenas de ir prevenidos com uma foto tipo passe 2,5x3cm.

 

Para além do Navigo, têm o "Carnet 10 voyages", um pack de 10 bilhetes Ticket T+ que funciona em todos os transportes e custa 14,90€.

 

E rumo à Torre Eiffel!

É incrível voltar a ver esta magnífica obra de arte em ferro surgir ao virar da esquina, passando um quarteirão de prédios!! É imponente e linda!

011.JPG

Como já estive no topo outras duas vezes optei por não subir, mas se o quiserem fazer de elevador até ao 2º andar custa 16€ e até ao topo custa 25€.

 

O segundo dia foi reservado para a Disneyland Paris!

Comprei os bilhetes com antecedência e consegui uma boa promoção no próprio site da Disney. É só mesmo uma questão de estarem atentos. Como fui numa altura ainda considerada baixa e durante dias da semana, consegui dois bilhetes para 1 dia/1 parque a 49€ cada (em vez dos cerca de 79€ também 1dia/1parque nas bilheteiras).

 

094.jpg

Mas voltando agora ao dia em que estive na Disneyland Paris....

É tão lindo!!! É absolutamente mágico!!! E as decorações de Natal são lindíssimas! O Parque ganha outra magia com todas as decorações! 

046.jpg

 

Assim que cheguei e que tirei montes de fotografias, assisti à primeira parada do dia, com vários personagens Disney, mas também com elementos natalícios (biscoitos de gengibre, duendes) e o trenó com o Pai Natal, claro!

 

Foi uma excelente altura para ir, embora tenha estado imenso frio: o parque não tinha muitos visitantes, as filas de espera nas atracções mais concorridas não eram descomunais, ...

Aconselho vivamente que instalem a app da Disney. Dá-vos o mapa dos dois parques e indica-vos em tempo real quais as atracções que estão fechadas permanente ou temporariamente, os tempos de espera, onde são as zonas de alimentação, casas-de-banho, etc.

Visitei todas as atracções do parque e sem andar demasiado a correr!

De todas a que tinha um maior tempo de espera era a do Peter Pan, mas para esta aproveitámos a opção do Fast Pass e voltámos quando estava na hora emitida no nosso bilhete. É uma óptima forma de aproveitar o tempo para uma outra atracção com menor tempo de espera!

115.JPG

 

Tudo neste lugar é mágino! Ora vejam:

 

 

O parque fechou às 19h e ainda deu tempo para ver algumas lojas e assistir ao espectáculo do final do dia.

É LINDÍSSIMO!! Não dá para ficar indiferente e deixar cair uma lagrimita!

 

Dia 17 foi reservado ao parque Disney Studios. O parque de atracções por excelência!

119.jpg

Este parque tem, para mim, as características de um parque de atracções e adrenalina por excelência, enquanto a Disneyland é um parque de sonho e magia.

Ainda que a montanha-russa Space Mountain esteja no parque Disneyland Paris, as restantes atracções de adrenalina estão sobretudo no Disney Studios. 

Está muito mais desenvolvido e com mais atracções que há 15 anos atrás, a primeira vez que lá estive (tinha este acabado de ser inaugurado).

Recomento vivamente a Crush Coaster Ride, ou a montanha-russa do universo do Nemo. É espectacular!!! Não tem loopings, mas... bom fica a surpresa! Recomendo! Especialmente se forem de costas, e mais não digo!

Tive de andar novamente na montanha-russa dos Aerosmith para recordar, embora ache que a Space Mountain é muito melhor em termos de segurança e conforto nas cadeiras.

Por fim, se têm coragem para tal, não podem deixar de ir ao Hollywood Tower Hotel! Eu sou uma pessoa um pouco maricas, mas fico muito feliz por ter ido! Não pensem muito e vão!

 

Dia 18, sábado, foi o dia que reservei para visitar (re-visitar) o Louvre!

129.JPG

Não podia deixar Paris sem visitar o Louvre, sendo que aquando da minha primeira visita não consegui visitar a parte das antiguidades egípcias que estava fechada para manutenção.

Adoro o Louvre!

Optei por comprar o meu bilhete mesmo no museu porque custa 15€, pois a partir do site custa 17€. No entanto, em períodos de maior afluência de turistas, como Páscoa, Verão, Natal, ..., aconselho vivamente a compra a partir do site! Esses 2€ a mais compensam-vos as filas de espera para entrar no espaço do museu, quer a partir da entrada da pirâmide, quer vindo do metro. Assim evitam as filas para comprar os ditos bilhetes e têm só de aguardar a fila de passagem pela segurança. Há um acesso mais célere para quem tem bilhetes.

A porta dos Leões poderá compensar com menos filas nestas alturas de maior afluência.

 

163.JPG

Ano após ano é cada vez mais difícil ver La Gioconda! Não só pela quantidade de pessoas em frente ao quadro, mas também pela distância a que está do mesmo e pela espessura do vidro que o protege!!! Já para não mencionar o tamanho do quadro em si 

É uma obra de arte que sem dúvida merece ser vista, mas há toda uma extensa quantidade de quadros de Leonardo Da Vinci que é também belíssima, menciono, por exemplo, "A Virgem e o Menino, com Sant'Ana".

 172.JPG

 

Dia 19 foi o dia de passear pela Notre Dame, Quartier Latin e Jardin du Luxembourg.

180.JPG

214.jpg 

Interior da Catedral de Notre Dame.

 

250.JPG

(Aquele momento feliz em que encontramos uns turistas portugueses que nos tiram uma foto de jeito!)

 

259 Shakespeare&Company.JPG

Se gostam de livros e vão passear pelo Quartier Latin, recomendo a entrada na Livraria Shakespeare&Company!

É uma mini-ilha inglesa no centro de Paris e um espaço adorável! Cheia de livros (mesmo cheia), mas com aquele toque vintage muito fofinho!

Fui conhecer por recomendação de uma amiga e adorei!

Do lado direito do rio da Île de la Cité, estando de frente para a Notre Dame, não tem que enganar!

 

Depois de almoçar nos jardins da parte de trás de Notre Dame, caminhei pelo Boulevard Saint-Michel até ao Jardin du Luxembourg.

 

269.JPG

 Não entrei no palácio, mas queria muito conhecer os jardins.

Mesmo no Inverno são lindíssimos! Estava uma bonita tarde de domingo, cheia de sol, aproveitada por muitos franceses sentados nas cadeiras do jardim a apanhar sol e a ler.

274.JPG

 Regressei novamente pelo Boulevard Saint-Michel e pelo Quartier Latin para comer um crepe antes de apanhar o metro na Place Saint-Michel.

 

Dia 20 estive novamente acompanhada pela minha prima e já tinhamos combinado que seria dia de sessão fotográfica para o blog pelo Jardin des Tuileries.

Podem ver algumas fotos da sessão aqui!

 318.JPG

302.JPG

369.JPG

Assim pude regressar ao exterior do Palácio do Louvre e tirar mais umas fotos (que não por mim mesma!), e ainda voltámos à Notre Dame e ao Quartier Latin.

Foi mesmo um dia de passeio sem pressa para ver coisas, entrar a horas, apanhar transportes, etc!

Adorava conhecer o Jardin de Tuileries na Primavera! Gostei imenso da dinâmica do jardim, adorei-o agora no Inverno, mas deve ser lindíssimo na Primavera também!

355.JPG

 

O dia 21 de Novembro foi o dia das despedidas e do regresso a Lisboa: comboio, metro e autocarro até Orly West e aí o avião de regresso.

Em termos de transportes em Paris, tal como em Londres, achei tudo muito fácil e organizado entre comboios, metros e autocarros. Estações de saída, de entrada, afluência de transportes, etc. A orientação e deslocação são muito fáceis em Paris.

 

Desta vez foi uma viagem parcialmente a solo, mas a parte das refeições já não foi uma chatice (para perceberem do que estou a falar vejam aqui)!

Ainda assim, mais uma vez, os dias em que passeei sozinha por Paris foram muito enriquecedores e livres! Posso dizer que gosto de viajar sozinha! 

Espero que gostem do meu testemunho e do meu relato de viagem!

 

Beijinhos ♥

 

1 comentário

Comentar post

A blogger

Contacto

aborboletaverde@sapo.pt

Facebook

Instagram

Estou a ler...

81V6gbmlTGL.jpg

Estou a ver...

Querem conhecer o meu trabalho? Vejam aqui:

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D